sexta-feira, 1 de agosto de 2008

10 Objetivos de ação dos participantes do FSM 2009 em Belém - PA (notícia)

Entre 10 e 12 julho, integrantes da Comissão de Metodologia do Conselho Internacional e do Grupo Facilitador local estiveram reunidos em Belém para avaliar as respostas à consulta realizada entre maio e junho e definir o conjunto final dos objetivos de ação dos participantes do FSM 2009.

A consulta proposta pelo Conselho Internacional do FSM buscava ampliar ou adequar os objetivos de ação para o evento de 2009. Em torno destes objetivos serão organizadas as diversas atividades (conferências, painéis, seminários, oficinas entre outras) no evento de Belém. Veja abaixo a lista de objetivos em torno dos quais serão organizadas as atividades no território do Forum de Belém. Destacadas em negrito estão as adições feitas aos objetivos definidos originalmente para o FSM 2007, realizado em Nairóbi (Quênia).

1. Pela construção de um mundo de paz, justiça, ética e respeito pelas espiritualidades diversas, livre de armas, especialmente as nucleares;

2. Pela libertação do mundo do domínio do capital, das multinacionais, da dominação imperialista patriarcal, colonial e neo-colonial e de sistemas desiguais de comércio, com cancelamento da dívida dos países empobrecidos;

3. Pelo acesso universal e sustentável aos bens comuns da humanidade e da natureza, pela preservação de nosso planeta e seus recursos, especialmente da água, das florestas e fontes renováveis de energia;

4. Pela democratização e descolonização do conhecimento, da cultura e da comunicação, pela criação de um sistema compartilhado de conhecimento e saberes, com o desmantelamento dos Direitos de Propriedade Intelectual;

5. Pela dignidade, diversidade, garantia da igualdade de gênero, raça, etnia, geração, orientação sexual e eliminação de todas as formas de discriminação e castas (discriminação baseada na descendência);

6. Pela garantia (ao longo da vida de todas as pessoas) dos direitos econômicos, sociais, humanos, culturais e ambientais, especialmente os direitos à saúde, educação, habitação, emprego, trabalho digno, comunicação e alimentação (com garantia de segurança e soberania alimentar);

7. Pela construção de uma ordem mundial baseada na soberania, na autodeterminação e nos direitos dos povos, inclusive das minorias e dos migrantes;

8. Pela construção de uma economia centrada em todos os povos, democratizada, emancipatória, sustentável e solidária, com comércio ético e justo;

9. Pela ampliação e construção de estruturas e instituições políticas e econômicas - locais, nacionais e globais - realmente democráticas, com a participação da população nas decisões e controle dos assuntos e recursos públicos;

10. Pela defesa da natureza (amazonica e outros ecossitemas) como fonte de vida para o Planeta Terra e aos povos originários do mundo (indígenas, afrodescendentes, tribais, ribeirinhos) que exigem seus territórios, linguas, culturas, identidades, justiça ambiental, espiritualidade e bom viver.

3 comentários:

Anônimo disse...

Todas estas questões estão no dia-a-dia de nossas vidas, a começar pela degradação da vida no planeta. Como retomar a vida, em estado de fome e sede de bilhões de seres humanos? Os que se alimentam, seguem suas vidas. É urgente que esta parcela erga seus olhos aos céus em benfício de nossos irmãos necessitados. Outras situações econômico-financeiras dos países latino-americanos que se encontram corrompidos diante do Grande Capital. Como solucionar isso? Refletindo como uma Irmã em Cristo, me choco frente à realidade. O que os governos têm feito? E as Igrejas Cristãs? O povo está cabisbaixo. A quantas anda a Teologia da Libertação? Através das CEB's podemos nos organizar, conscientizar nosso povo para uma caminhada mais feliz neste mundo. Todo mundo tem direito de ser feliz. E neste caso, refiro-me à dignidade do ser humano.

Caminhando com Jesus disse...

Apesar de não saber quem é, parabenizo a Irmã acima pelas palavras.
Abraços!

Anônimo disse...

Hola, Tiago, "caminhando se faz a caminhada..."
Desde o ano passado, tenho me voltado com mais veemência às coisas do Pai Eterno. Diariamente, comungo com Pe. Robson em sua Novena dos Filhos do Pai Eterno, através da Rede Vida de televisão (canal 26 da Net). No momento são três horários de Novena: às 10, 17 e 21:30 horas. As celebrações têm sido luminosas: às 3as, 5as e sábados, 7 horas da manhã. Aos domingos, 17:30 horas. Procuro me afeiçoar mais ainda ao escrever nos blogues. No site www.paieterno.com.br lá vc me encontra sob nome de Rosa.
Abraços